Vem de dentro. Chega de forma tímida, quase sem espaço, sufocada, mas feliz. Quando sai, já vem com um sorriso. Esteja feliz ou triste, vem com todos os dentes para forma, como se fosse uma pequena gargalhada. E ri. Ri por estar perto de quem está. Por mais que demore, uma hora deixa tudo leve, calmo e em seu devido lugar. Depois, ela retorna, para dentro de quem sente. Para dentro de quem quer sentir.

Sinceridade.

Leia também...