E se eu largasse tudo, partisse por aí, sem pretensões, sem medo, sem receio? E se eu te largasse por alguém que acabei de conhecer, sem saber o que a pessoa pensa, espera, sonha ou almeja para o futuro? E se eu mudasse de área, de país, de vida e começasse do zero, criando um novo eu? E se eu decidisse jogar tudo para o alto e definitivamente ser feliz?

Leia também...