Esbocar e Viver - Um sentimento por dia

Desenhou a vida que sempre quis.

Com seu lápis preto,
colocou no papel uma infância de dar inveja a qualquer criança.
Barra-manteiga,
quebra-cabeça,
queimada,
videogame,
fantoches,
faz de conta.

Desenhou a melhor escola,
a melhor escolha,
“o primeiro da classe”.
Tirou “A”,
tirou “10”,
tirou suspiros dos professores.

Se formou e desenhou o melhor emprego.
Se tornou profissional,
tornou o trabalho em carreira,
contornou os chefes,
tornou-se empresa.

Ilustrou uma vida sem sentimentos.
Riscou o amor
Borrou a angústia,
Rasgou o prazer.

Viveu, mas em preto e branco.
Nunca amou em vermelho,
sentiu azul céu ou azul mar,
viu verde-esperança.
Deixou em branco,
amarelou.

A vida,
sem cor,
é só rabisco.

Pessoas de enfeite - Um sentimento por dia

Não mantenha alguém na sua vida se for para ser de enfeite.

Talvez o seu ego esteja enfraquecido e você goste de dizer por aí que tem muitos amigos, mas deixar uma pessoa em “stand by” não faz dela um ser próximo. Entendo que muitas vezes não temos tempo nem para nós mesmo, imagine para os outros. Mas também entendo quando uma pessoa é deixada de lado e só é contatada em casos de emergência, ou seja, quando nenhum amigo mais interessante está disponível e a carência não pode esperar, não é amizade, é interesse. Não somos bibelôs para sermos deixados em um canto qualquer apenas para enfeitar. Pessoas não são adereços. Se um amigo, colega, chegado ou conhecido não é importante para você, deixe-o ir. Pare de puxar papo para que não se esqueçam de você. Pare de dizer que está com saudades. Pare de alimentar os sentimentos dizendo que sente uma falsa falta. Seja feliz com quem está ao seu lado e contente-se em ficar só as vezes. Antes de abastecer a sua vida com pessoas, abasteça a sua vida consigo mesmo. Se você não é uma boa companhia para si, jamais será uma boa companhia para os outros.

Nao seja voce - Um sentimento por dia

Não existe mais vida real. Ela foi consumida pela vida que você deseja ter na Internet. Já não tem mais graça ter três bons amigos quando se pode ter três mil seguidores. As fotos ficam mais bonitas no Instagram do que em um mural de alumínio na parede de um quarto, que ninguém vai ver. O check-in da sua última viagem fica melhor na timeline do que numa ligação que você poderia fazer.

Sentar em uma mesa de bar sem wi-fi não faz sentido. O brinde não não é mais o mesmo sem registro. As pessoas podem conversar somente entre si, mas preferem fazer isso por por Whataspp. O mundo real perdeu a graça e fazer graça nas redes sociais gera compartilhamentos, pessoalmente não.

As pessoas já não marcam mais de se ver. Se quiser contar uma história, poste em seu mural. Se quiser falar com alguém, mande uma inbox no Facebook. Se quiser mostrar uma foto, mande o link. Se estiver com muita saudade, ligue a webcam.

Não existem mais pessoas “feias”, existem pessoas sem filtro de Instagram. Todos passaram a conhecer o seu melhor ângulo e tirar uma foto deixou de ser um evento para se tornar apenas um clique. As pessoas não usam mais o celular para falar, usam para postar.

Saudades de quando a realidade era parâmetro de felicidade. Agora, para ser feliz, é preciso invejar. A inveja engaja e ser invejado é o like do ego. Seja quem quiser, mas se quiser ser você, não seja.