Toma meu rumo,
dirige a minha força.
Me guiando em
em seus caminhos
conduzo
certeza
da esperança.

Segura o meu volante,
troca a marcha da
minha insegurança.
Sem você não tenho
porque seguir
adiante.
Sem você não tenho
porque conduzir
à bonança.

E se eu me perder,
siga em minha estrada.
Perdido eu encontro o
rumo,
mas sem você
eu não sou nada.