Não quero nunca terminar. Não é porque a gente dá certo, porque combinamos juntos e completamos frases, não quero terminar por causa dos outros. Não quero a gente longe, sem ser dois, e um terceiro comentando sobre a nossa vida. Ouvir pessoas falando para mim ou para você que não éramos parecidos, que um era mais gordo, que o outro era mais feliz, que um era mais amável, que o outro era mais solidário, que um era falso, que o outro era inconstante, que um era doce, que o outro era divertido, que um era amigável, que o outro era nenhum. Não quero que a nossa vida vire um seriado onde todo mundo se vê obrigado a palpitar sobre a próxima temporada. Nosso amor nunca foi programado e a nossa vida não pode se tornar programação. Não quero nunca terminar e ter que ouvir da boca de uma pessoa que nunca vi na minha vida que você já está bem com outrem, que se adoram e que estão mais felizes assim. Não quero que você ouça que finalmente minha vida está caminhando sem a sua presença, que estou fazendo intercâmbio ou que agora tenho mais tempo para quem amo. Não quero especulações, gente falando que você virou uma pessoa promiscua ou que me viram beijar mais de cinco na balada. Por mais que pareça que me importe muito com os outros, não quero nunca terminar pela gente. Porque se a gente acabar, não seremos mais um casal que deixou de dar certo. Nunca demos certo. Sempre demos mais, demos um pouco da gente.

Leia também...