Me esqueci. Talvez tenha sido na fila do caixa do supermercado, em uma loja de shopping ou na rodoviária. Aconteceu e nem percebi. A gente passa a vida toda tentando se lembrar de tudo, anotando na agenda do celular, amarrando fitinha vermelha no pulso e quando se dá conta, percebe que esqueceu da coisa mais importante: de si mesmo.

Passamos tanto tempo pensando em compromissos, no que tem que fazer em casa, no que tem que fazer para o outro, que nem percebemos que nos deixamos pra lá. Passamos despercebidos por nós mesmos. Esquecemos qual é a nossa cor e o nosso prato favorito, o que estiver no armário e no prato está ótimo. Esquecemos quais são os nossos sonhos, abraçando a primeira oportunidade fajuta que o destino nos entrega. Esquecemos que devemos amar, nos apaixonamos por qualquer um que abra os braços e escute as nossas reclamações. Esquecemos de cuidar da saúde, dos dentes, da pele, dos estudos, dos amigos, da família e de tudo o que isso representa em nossas vidas. Esquecemos de lembrar de nós mesmos.

Me esqueci e desde que me dei conta, não parei mais de me procurar. Não quero me redimir, só quero me encontrar e ter a oportunidade de fazer por mim o que jamais fiz. Me encontrar e me colocar em primeiro lugar. Me encontrar e ser feliz.

Leia também...