Preciso te encontrar, mas na inconstância só te perco. A sua vulnerabilidade é um labirinto que eu não quero entrar. Você me joga em becos sem saída, na esperança de que encontre respostas por você. O labirinto é seu, a responsabilidade de sair dele também. Você está perdido, eu já me encontrei há tempos. Quero te ajudar, mas só depende de você. Para sair do labirinto, é preciso parar de me colocar dentro dele. Entre, encontre a saída. Se encontre. Me encontre.

RelatedPost